Concurso Público: saiba por onde começar a estudar

21 Mai 2021 | 24 Visualizações | Concurso Público | por ACB Centro de Ensino

Cada vez é mais comum que profissionais busquem a estabilidade de vida, profissional e consequentemente financeira. E um dos caminhos que vem ganhando adeptos é o concurso público. Além desta garantia, há uma série de benefícios que agradam os concurseiros, como a remuneração, que costuma ser mais alta. Ademais, a possibilidade de crescimento profissional, com estímulos à qualificação com plano de carreira, por exemplo, são fatores de impacto.

Todavia, há uma série de processos aos quais é preciso estar atento. Não tanto por questões legais, ainda que estas interfiram, mas sim por conta do nível de disputa. Muito concorridos, os concursos costumam exigir um alto nível de preparo. O que, inclusive, amplia a busca por cursos de capacitação.

Desta forma, não basta estudar, é preciso fazê-lo com qualidade para obter o retorno esperado. Assim, é necessário encontrar métodos eficientes de fato para que o tempo dedicado seja aproveitado da melhor maneira. Então, confira algumas dicas e comece a se organizar!

Concurseiro: por onde começar?

De nível médio, técnico ou mesmo superior: é preciso estar atento ao conteúdo que será abordado na prova.

Pronto! Me inscrevi, mas, e agora? O que eu faço, por onde começo? Se você também se encontra nesta parte do caminho, fique tranquilo. Essas dúvidas são comuns a todos que estão no início desta escolha. Até mesmo candidatos que participam a certo tempo. Afinal, tanto provas, áreas de atuação e instituições mudam e com elas se alteram também os métodos de avaliação. Assim, comece definindo sua principal motivação, que é o objetivo principal e que pode ser, de maneira geral, passar em determinado concurso.

A partir disso, elencam-se metas. Estas, por sua vez, devem ser mais específicas, objetivas, e, de preferência, divididas em etapas, que as tornem mais realistas. Assistir determinada quantidade de vídeoaula, estipular períodos para isso, ou, até mesmo, fragmentá-las para aproximar ainda mais seu alcance. Logo, estipular tempo diário para isso é uma ótima alternativa para quem deseja estudar.

Outro aspecto que merece atenção é o plano de estudos. Aqui a organização é a chave para esta parte. Afinal, é a partir dela que se organiza um plano de estudos. Só que desta vez, é preciso conhecer a prova. Buscar edições anteriores, se houverem, assim como o edital do exame, é fundamental. Estes meios permitem verificar o conteúdo previsto, bem como o peso de cada área de conhecimento dentro da avaliação final do processo.

Aliás, este é o momento para utilizar de todos os meios e ferramentas disponíveis: vídeos, livros, pdf, podcasts. Todas as alternativas são válidas e maneiras de compreender os conteúdos de formas distintas.

Ademais, como em qualquer avaliação, quanto mais tempo melhor para estudar. Isso porque desta maneira não será necessário ficar tanto tempo em cima de um conteúdo. Há, inclusive, quem diga que ficar muito tempo estudando, sem os intervalos necessários, sobrecarrega e não garante melhores resultados. É importante que haja um tempo natural de compreensão e até memorização, em alguns casos.

Uma dica muito importante é iniciar os estudos com matérias comuns aos concursos da área enquanto o edital ainda não for publicado. E, na segunda fase, partir o conteúdo programático do certame.

Definir um ambiente de estudos também é muito importante, afinal, o local interfere muito para o aprendizado. Assim, buscar um espaço confortável, sem interrupções, com boa iluminação e temperatura agradável tende a colaborar.

E, por fim, lembre-se de descansar! Dormir bem e descansar é fundamental para manter se manter disposto e saudável, o que influi diretamente no aprendizado.

Mas, é fundamental ter em mente que se trata de algo sério e, se realmente é importante para, invista!

Não poupe esforços. Por isso, além de estudar em casa, busque o auxílio de uma escola profissionalizante para te ajudar a se destacar! Conte conosco para isso!